Ituran - Tecnologia pilotada por pessoas
Home
Sobre a Ituran
Ituran com seguro
Rastreador ituran
Para sua frota
55 guinchos
Fale conosco
Faça uma cotação
Área do Parceiro
Área do Cliente
2ª Via de boleto
Ituran Seguros
Televendas
Roubo ou Furto
Para seu carro
Ituran com SeguroRastreadores
Motorista de app
Para seu táxi
Para sua frota

Atendimento

Fale conoscoDúvidas frequentesDicionário do seguroSeguradoras parceiras

Dicionário do Seguro

A

Aceitação

Aprovação da proposta apresentada pelo segurado para a contratação do seguro.

Acidente

Acontecimento imprevisto e fortuito do qual resulta um dano causado ao objeto ou à pessoa segurada.

Acidentes pessoais de passageiros (APP)

Evento onde o carro segurado sofra acidente e haja ocorrência de lesão física aos passageiros, causando morte ou invalidez permanente ou total.

Análise de Risco

Estudo que avalia à determinação de condições e preço de seguro apropriados para a aceitação, por parte da seguradora, de determinado seguro, com base na mensuração dos riscos envolvidos, definidos no momento do preenchimento das informações na cotação do seguro.

Apólice

É contrato de seguro que discrimina o bem segurado, suas coberturas e garantias, bem como os direitos e deveres das partes contratantes (seguradora e o segurado/cliente).

Assistência

Serviços emergenciais que alguns seguros oferecem, como: assistência eletromecânica , chaveiros, guincho, etc.

Aviso de sinistro

É a comunicação da ocorrência de um sinistro que o segurado/cliente é obrigado a fazer para a seguradora, assim que tenha seu conhecimento da ocorrência.

B

Beneficiário

Pessoa física ou jurídica a favor da qual o pagamento da indenização deve ser efetuado.

Boletim de ocorrência policial

Documento expedido por autoridade policial atestando danos pessoais ou perdas materiais derivadas da ação de terceiros e de danos da natureza, descrevendo a ocorrência do acidente. Documento indispensável ao encaminhamento de determinadas reclamações de sinistro.

C

Cancelamento de apólice

É a rescisão antecipada da apólice de seguro de comum acordo ou em razão da indenização integral ao cliente.

Colisão

Qualquer choque, batida ou abalroamento sofrido ou provocado pelo veículo segurado.

Comodato

Empréstimo gratuito de coisa não substituível, que deve ser devolvida no tempo combinado pelas partes.

Condições Gerais

Conjunto de cláusulas do contrato que estabelecem obrigações e direitos, do segurado e da seguradora, de um mesmo contrato de seguro.

Corretor de seguros

Pessoa física ou jurídica devidamente habilitada e registrada na Superintendência de Seguros Privados (Susep) para intermediar epromover a realização de contratos de seguro, representando o cliente junto às seguradoras.

Culpa

Ato imprudente, negligente, sem propósito, mas do qual advenham danos, lesões ou prejuízos a terceiros.

D

Dano Corporal

Lesão exclusivamente física causada a pessoa em razão de acidente de trânsito envolvendo o veículo segurado.

Dano Material

Dano causado exclusivamente à propriedade material da(s) pessoa(s), em razão de acidente de trânsito envolvendo o veículo segurado.

Dano Moral

Ofensa ou violação que, mesmo sem ferir ou causar estragos aos bens patrimoniais de uma pessoa, ofenda seus princípios e valoresmorais, tais como os que se referem a sua liberdade, a sua honra, a seus sentimentos, a sua dignidade e/ou a sua família.

DPVAT

Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres. Tem a finalidade de indenizar vítimasde acidentes de trânsito, em território nacional, não importando de quem seja a culpa dos acidentes . Sua contratação é obrigatória por todos os proprietários de veículos e deve ser pago junto ao IPVA.

E

Endosso

Documento gerado pela seguradora, no qual ela e o segurado , durante a vigência da apólice, expressam quaisquer alterações de dados e condições da apólice.

Estipulante

Pessoa física ou jurídica que contrata apólice de seguro, por conta de terceiros, ficando investido dos poderes de representaçãodos segurados perante a seguradora.

Evento

Ocorrência ou acontecimento com causa garantida em uma apólice de seguro. Exemplos de ocorrências no seguro de automóvel: batidas, roubos, furtos, incêndios ou demais ocorrências do tipo.

F

Franquia

Parte dos reparos ao veículo que o segurado é obrigado a pagar, na ocorrência de dano ao automóvel (perda parcial).

Furto

Subtração de todo ou parte do bem sem ameaça ou violência à pessoa.

Furto qualificado

Avítima não percebe imediatamente a perda do bem, mas há vestígios do crime ocorrido pela destruição ou rompimento de barreiras, comprovada mediante inquérito policial.

Furto simples

Não há uso da violência ou quando a pessoa nem percebe a subtração do bem e tão pouco encontra vestígios.

G

Guincho

Veículo de uso profissional provido de guindaste, utilizado para rebocar veículos que se encontram inaptos à locomoção própria.

I

Incêndio

Evento destrutivo caracterizado pela ação do fogo.

Indenização

Valor pago pela seguradora ao segurado/cliente em caso de sinistro de eventos cobertos na apólice. Exemplo: Quando seu veículo é furtado e não localizado, a seguradora paga o valor do veículo para você, isso é uma indenização.

Indenização Integral

Indenização que se caracteriza sempre que os prejuízos e/ou as despesas relativas ao conserto do veículo forem iguais ou superiores a 75% (setenta e cinco por cento) do valor do veículo, de acordo com a tabela FIPE.

Indenização Parcial

É a cobertura de danos ao veículo que não o levem aperda total, ou seja, quando existe a possibilidade de fazer um conserto sem que o custo seja superior a 75% do valor do veículo de acordo com a tabela FIPE.

J

Jammer

O Jammer, também conhecido popularmente por “capetinha” ou “chupa-cabra”, é um aparelho que podeneutralizar o sinal de GPS/GPRS(rastreador via satélite) momentaneamente.

L

Limite máximo de indenização (LMI)

Limite fixado nos contratos de seguro, representando o máximo que a seguradora indenizará em um risco coberto.

Liquidação de sinistro

Processo para pagamento de indenizações ao cliente.

P

Pane

Defeito espontâneo que atinge a parte mecânica ou elétrica do veículo e que o impede de se locomover por seus próprios meios.

Passageiro

Toda pessoa que estiver sendo transportada, inclusive o motorista.

Perda Parcial

É quando os danos causados ao veículo não ultrapassarem 75% do valor do carro, de acordo com a tabela FIPE.

Perda Total

É quando os danos causados ao carro ultrapassam 75% do valor do carro, tornando sua recuperação impossível ou inviável.

Prêmio

Valor pago pelo segurado à seguradora para que esta garanta o risco a que ele está exposto, ou seja, o valor da prestação do seguro.

PRO-RATA

Diz-se do prêmio do seguro, calculado na base dos dias do contrato.

Proponente

Pessoa que pretende fazer um seguro e que já firmou, para esse fim, a proposta.

Proposta de seguro

Instrumento que formaliza o interesse do segurado/cliente em efetuar o seguro. Através deste documento a seguradora analisará os dados, bens , garantias e coberturas escolhidos e informados pelo cliente.

Q

Questionário de avaliação de risco

Formulário de questões, que é parte integrante da proposta de seguro, e que deve ser respondido pelo segurado, de modo claro e preciso, sem omissões. Trata-se de uma das referências que determinam o prêmio do seguro e como parâmetro para avaliação em caso de sinistro.

R

Rastreador

É um dispositivo de segurança preventivaque monitora seu bem, 24 horas por dia, diminuindo assim o risco de roubo e aumentando as chances de encontrar seu carro caso você seja vítima de um assalto.

Recisão

Rompimento do contrato de seguro antes do seu término de vigência.

Renovação

É o restabelecimento ou a continuidade da cobertura de um seguro, geralmente por meio da emissão de nova apólice, nas mesmas condições que anteriores ou sob novas condições, neste último caso sempre que tenha havido mudanças no interesse segurado ou nas bases tarifárias do seguro.

Responsabilidade civil facultativa veicular (RCF-V)

Seguro que reembolsa prejuízos ou danos causados pelo segurado a terceiros.

Risco

Evento, em data incerta, que independe da vontade das partes. O risco é a expectativa de sinistro. Sem risco não pode haver contrato de seguro.

Roubo

Caracterizado quando a pessoa sofre ameaça física verbal ou uso de força bruta.

S

Salvados

Objetos resgatados de um sinistro e que ainda possuem valor econômico.

Segurado

Cliente, pessoa (física ou jurídica) que contrata o seguro para benefício pessoal ou de terceiros. É a pessoa pela qual a seguradoraassume a responsabilidade de determinados riscos.

Seguradora

Pessoa jurídica, legalmente constituída, que emite a apólice, recebe o prêmio, assume o risco de indenizar o beneficiário/segurado em caso de ocorrência de sinistro amparado pelo contrato de seguro.

Sinistro

Ocorrência de um evento coberto e indenizável, previsto no contrato de seguro.

SUSEP

SUSEP é a sigla para Superintendência de Seguros Privados, que é um órgão do governo responsável por controlar e fiscalizar omercado de seguros, previdência privada aberta, capitalização e resseguros no Brasil e está vinculado ao Ministério da Fazenda.

T

Tabela Fipe

Tabela desenvolvida pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE),é um parâmetro de mercado, que apresenta valores médios de automóveis de acordo com a marca, o ano e o modelo de um veículo.

Tecnologia GPS/GPRS

Funciona através de uma rede composta por satélites, que permite o acompanhamento em tempo real da localização do veículo.

Tecnologia radio frequência

Funcionam através de triangulação de sinais captados por redes formadas por grandes antenas receptoras, que permitem uma ampla cobertura de área, e a localização do objeto rastreado até mesmo em lugares fechados ou cobertos.

Terceiro

Pessoa culpada ou prejudicada no acidente, exceto o próprio cliente ou seus ascendentes, descendentes, cônjuge e irmãos, bem como quaisquer pessoas que com ele residam ou que dele dependam economicamente.

V

Veículo com alienação fiduciária

São veículos que foram financiados e ainda não estão completamente pagos.

Veículo com chassi remarcado

A remarcação do chassi ocorre em veículos que tiveram sua identificação original danificada ou alterada. Os principais motivos da remarcação do chassi são: Corrosão devido ao tempo, sofreu acidente ou foi alterada devido a roubo ou furto. Estes veículos têm gravado REM no chassi.

Veículo com isenção fiscal

São veículos adquiridos com isenção de impostos (IPI, IOF, ICMS, IPVA).

Veículo de leilão

São veículos adquiridos em leilão que podem ter o seu valor de mercado reduzido.

Veículo PCD

São veículos adquiridos por pessoas com deficiência que podem ter sofrido adaptação para uso e também podem ter sido adquiridos com isenção de impostos (IPI, IOF, ICMS, IPVA).

Vigência

Prazo que determina o início e término da validade das garantias contratadas.

Vistoria prévia

Inspeção que a seguradora realiza, antes da aceitação do risco, para verificar as características e estado de conservação do veículo.